São Paulo tem cinco mil bombas adulteradas em 2019