Número de brasileiros que teriam armas cresce, mas grupo ainda é minoria