Governo estuda taxa de 0,40% sobre saques e depósitos, mas já vê resistência no Congresso